Associação de moradores de Casa Branca protesta contra avanço da mineração

O Movimento das Águas de Casa Branca, uma associação de moradores do bairro que pertence ao município de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, promoveu uma manifestação nesta manhã de domingo para chamara a atenção a dois empreendimentos que podem ameaçar o equilíbrio ambiental local.

De acordo com a jornalista Carolina Moura, presidente da Associação Comunitária da Jangada, O Conselho Estadual de Política Ambiental  – órgão da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) – vai votar na próxima terça-feira (11) a licença ambiental da expansão das minas da Jangada e do Córrego do Feijão, ambas da Vale.

“Nossa ideia é pressionar para impedir essa licença, que pretende aprofundar e aumentar o perímetro dessas minas, cujo projeto prevê até a construção de uma barragem, o que nos atinge diretamente”, disse Carolina. Além do ato de hoje, as associações de moradores locais pretendem se manifestar amanhã a partir das 16h na portaria do Parque Estadual Serra do Rola Moça, para conscientizar cada morador da região e convidar o maior número de pessoas para fazer pressão na reunião do Conselho Estadual de Política Ambiental, na terça-feira.

Fonte: EM