ÍNDICES: Veja o comportamento dos principais mercados acionários

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários globais na manhã desta segunda-feira (05).

ÁSIA – Ao final, o índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, caiu 2,08% aos 25.934 pontos e o Shenzhen Composite ficou estável aos 1.351. O índice Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em queda de 0,17% a 9.889. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em queda de 0,17% aos 34.50. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 1,55% a 21.898. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em queda de 0,53% a 5.818. O índice Kospi, Coreia do Sul, ficou em queda de 0,91% a 2.076. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em queda de 1,79% a 3.060.

Na Ásia, as bolsas de ações fecharam em baixa, num movimento de realização de lucros, com os resultados financeiros das empresas da região. As incertezas sobre a perspectiva do comércio entre Estados Unidos e a China, bem como sobre as eleições legislativas americanas, serviram de gatilho para o movimento de vendas. Na China, os índices recuaram com o PMI. No Japão, os efeitos ficaram com os dados do PMI Composto para a Ásia.

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 seguia em alta de 0,20% aos 364.77, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) seguia em queda de 0,43% a 19.306; o Ibex 35 (Madri) estava em alta de 0,62% a 9.048; o DAX 30 (Frankfurt) estava em alta de 0,18% aos 11.540; o FTSE-100 (Londres) estava em alta de 0,44% a 7.125; o CAC 40 (Paris) seguia em alta de 0,19% a 5.112; e o PSI-20 (Lisboa) seguia em alta de 0,31% a 4.995.

Na Europa, as principais bolsas da região operam com ganhos e com foco nas questões políticas italianas decorrentes da definição do orçamento fiscal, como também ponderando sobre a saúde financeira dos bancos europeus. Hoje, apenas a Espanha e o Reino Unido divulgam indicadores.

ESTADOS UNIDOS – O S&P (futuros) estava em alta de 0,06% aos 2.725. O Dow Jones (futuros) seguia estável aos 25.243. O Nasdaq (futuros) estava em queda de 0,04% aos 6.977.

No mercado americano, os juros das treasuries sustentam os ganhos de sexta-feira, depois da divulgação de relatório mostrando forte criação de empregos em outubro, reforçando apostas de que o Fed continuará subindo as taxas de juros. Apenas dois indicadores estão previstos para hoje. O dia é de balanços financeiros e com a cautela para medidas restritivas dos Estados Unidos.

Commodities

A Petrobras não anunciou o preço do litro da gasolina e do diesel para esta segunda- feira (05) para as distribuidoras e sem tributos.

O petróleo referência, Brent, segue em alta de 0,56% aos US$70,61 o barril negociado na bolsa de Futuros de Londres.

O petróleo WTI segue em queda de 0,05% e cotado aos US$ 63,11 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Qingdao, China, ficou em alta de 2,40% aos US$75,74 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$1.199,99,00, alta de 0,05%, a tonelada. A celulose fibra curta fechou a US$1.050,00 a tonelada, estável.

CENÁRIO INTERNO

BRASIL – A bolsa de valores de São Paulo opera em alta nesta segunda-feira, com os investidores animados com resultados financeiros e também com as decisões do futuro presidente Jair Bolsonaro, que amanhã deverá estar em Brasília para iniciar oficialmente a transição do governo. Em dia de poucos indicadores econômicos, o dólar segue volátil aos R$3,706 para a venda.

Agenda – 05-11

No Brasil, o Boletim Focus e o IPC – FIPE. Nos Estados Unidos, os PMIs e o ISM de Serviços. No Reino Unido, os PMIs. Na Zona do Euro, a Confiança do Investidor.

Fonte: Último Instante