Vale está pronta para a nova era de produção de aço, afirma Fabio Schvartsman

O diretor-presidente da Vale abriu o evento organizado pelo jornal Financial Times, FT Commodities Americas Summit 2018, no dia 16 de outubro, no Rio de Janeiro. Fabio Schvartsman destacou o bom momento da empresa, reforçando a valorização do nosso minério de ferro de alta qualidade e a nossa participação na nova era mundial de produção do aço.

O CEO falou sobre o cenário de reformas na China, país que está preocupado em combater a poluição ambiental e, por isso, investindo em minério com mais alto teor de ferro.

“Esse momento coincide com a perda de capacidade e qualidade das minas australianas, o que traz como consequência uma diferença de preço de quase US$ 56 entre o minério de baixa e de alta qualidade”, afirmou, explicando que isso beneficia a Vale, que tem aumentado a participação do minério de alta qualidade em seu portfólio e investido na blendagem.

O BRBF (Brazilian Blend Fines) da Vale está se tornando, gradativamente, o standard mundial do minério de ferro, substituindo o standard que, até recentemente, era o australiano.

O potencial de produção de níquel para baterias de carros elétricos também esteve em pauta. “A Vale é a maior produtora de níquel do mundo. Se a revolução do carro elétrico acontecer conforme as projeções, temos capacidade de fornecer níquel de alta qualidade para esse mercado”.

O evento FT Commodities Americas Summit reuniu representantes de áreas como mineração, energia e agricultura em dois dias de evento.

Fonte: Vale