Commodities: Tudo sobre – O que são? Quais os tipos? Como investir?

Não tem como não falar em Commodities quando nos referimos no funcionamento da economia.

As Commodities (no singular Commodity) tem origem inglesa, e ganhou espaço na economia referindo-se a um produto de origem primária, que é comercializado nas bolsas de valores do mundo inteiro.

Quando usamos o termo “Commodities” estamos falando de recursos vegetais, minerais ou agrícolas, e como exemplos citamos a soja, o petróleo, a cana-de-açúcar, o carvão, a cana-de-açúcar e assim por diante. Todos esses produtos possuem um grande valor comercial e estratégico. Podemos dizer que eles influenciam no comportamento da economia de maneira ampla.

Por quê?

As oscilações no preço das Commodities interferem em outras atividades, caso indústria e comércio, que terão matéria-prima mais cara ou mais barata para produzir ou comercializar as mercadorias.

Como exemplo da afirmação acima podemos citar as altas recorrentes do petróleo na década de 70. Tais altas foram motivadas por “politicagem” e provocaram uma grande crise estrutural do sistema capitalista.

O produto denominado Commodity tem o preço estipulado não pelo preço de produção, mas pela sua cotação, especialmente na bolsa de valores.

Exemplo: Se o valor da soja subir no mercado internacional por baixa na produção mundial, o Brasil, mesmo que o produza bastante soja, verá os seus valores subirem, especialmente na exportação. Por consequência, o mercado interno será igualmente impactado, pois a maioria dos produtores vai optar por exportar o produto, provocando um aumento nos preços internos, já que existe menor oferta do produto.

untiled21 1024x540 - Commodities: Tudo sobre - O que são? Quais os tipos? Como investir?

Commodities pelo mundo

Algumas economias, principalmente de países subdesenvolvidos, dependem muito de uma boa cotação das Commodities, justamente por causa da exportação de tais produtos. Assim sendo, quando acontece uma crise, esses países são os que mais sentem, pois as exportações caem e a economia local entra em choque.

Os países que importam e exportam Commodities – o caso do Brasil – também sentem muito as oscilações de seus preços, pois dependem das Commodities para abastecer a indústria e o comércio e também para a venda no mercado externo, no sentido de manter fortalecido o setor primário.

Entender bem o funcionamento das Commodities (um termo básico da economia) é importante para compreender também o funcionamento do panorama comercial e produtivo do seu país e do mundo como um todo.

Quais são os tipos de Commodities brasileiras?

Os tipos de Commodities mais conhecidas no Brasil são: agrícola, energética, mineral e financeira.

Agrícola

exportação soja em grãos Valter Campanato 1024x683 - Commodities: Tudo sobre - O que são? Quais os tipos? Como investir?

É a categoria de Commodities do agronegócio, um setor que é muito forte no nosso país. Em 2017, por exemplo, quase 45% das exportações brasileiras foram motivadas pelo agronegócio. Os tipos de mercadorias agrícolas são:

  • Soja
  • Milho
  • Boi gordo
  • Café arábica
  • Açúcar cristal
  • Algodão
  • Suco de Laranja
  • Trigo

Energética

etanol 2g 1024x576 - Commodities: Tudo sobre - O que são? Quais os tipos? Como investir?

Existem muitas Commodities ligadas ao setor de energia. O petróleo é considerado uma dessas Commodities. Porém, as mais negociadas são as que vem da cana-de-açúcar:

  • Etanol Hidratado
  • Etanol Anidro

Mineral

ouro 1024x683 - Commodities: Tudo sobre - O que são? Quais os tipos? Como investir?

A produção de Commodities do tipo mineral é pequena no Brasil. Os mais evidentes em bolsas de valores são:

  • Ouro
  • Petróleo

Financeira

db 2404 1024x683 - Commodities: Tudo sobre - O que são? Quais os tipos? Como investir?

Os produtos financeiros considerados os “básicos” da economia fazem da parte da categoria de Commoditiesfinanceiras. São eles:

  • Moeda (dólar, real, euro)
  • ETF (índices como Ibovespa, Small e outros)
  • Títulos do Tesouro Direto
Você ainda está se perguntando como as commodities interferem na sua vida? Muito bem… Basta pensar em momentos do seu dia. Por exemplo: o trigo usado para fazer o pãozinho que você compra na padaria, o suco de laranja da lanchonete, o açúcar que vai no cafezinho (o próprio café), o combustível do seu carro ou moto, o churrasco que a gente adora fazer com os amigos.

Quais são as vantagens de investir em Commodities?

As Commodities representam mais da metade das exportações brasileiras. Isso é prova do quanto é um mercado com grande potencial. Para tirar bom proveito, basta saber quais são as maneiras ideais de explorá-lo para investir melhor.

Os contratos futuros servem como uma garantia em relação às grandes oscilações do mercado de Commodities. Isso porque eles funcionam como um modo de demonstrar a intenção de compra ou venda de alguma commodity. É como se, antes de colher o milho, o produtor e o comprador combinassem um preço para uma entrega futura.

Se na data da liquidação, o preço estiver abaixo do combinado, o vendedor recebe a diferença até chegar ao que foi combinado. Se estiver acima, é o investidor que ganha. Com um bom planejamento é possível conquistar ótimas rentabilidades.

Como investir em commodities?

O primeiro passo é buscar uma corretora ou uma empresa especializada, que possa ajudar, desde a definição de um perfil até a escolha das melhores aplicações e estratégias de investimentos.

Diretamente aqui no nosso site, você pode descobrir o seu perfil de investidor, o que facilitará, e muito, os seus investimentos daqui para frente. O teste é rápido e de graça!

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor!  Teste de Perfil

commodities 887362798 5bb6082e46e0fb002659042b 1024x576 - Commodities: Tudo sobre - O que são? Quais os tipos? Como investir?

Com o seu perfil de investidor já pronto, é hora de decidir se o investimento será feito em contratos futuros ou em opções. Vale lembrar que as Commodities se encaixam na categoria de renda variável.

Começamos falando do mercado futuro, onde é possível definir o preço de uma Commodity para determinada data. Já no mercado de opções, a negociação é feita por conta própria, sem prender você a condições já existentes.

Definido isso, é hora de entender suas condições mínimas para investir em Commodities. O interessante é que é possível aplicar quantidades não muito grandes nesse tipo de operação. Outro detalhe interessante é a volatilidade, que pode ser uma grande aliada no mercado de Commodities.

E se ao final desse artigo a sua dúvida é se vale a pena investir em Commodities, a nossa resposta é sim! Mas, o que precisa ficar bem claro é que você deve entender se esse tipo de investimento combina com seus objetivos e com o seu perfil. De qualquer forma, não há dúvidas de que ele pode proporcionar ótimos resultados.

E quais os riscos de se investir em Commodities?

Todo o investimento é arriscado, isso é fato. No caso da Commodities, o principal risco é tomar decisões impulsivas, baseadas apenas em dicas de terceiros, achismos e notícias divulgadas pelos jornais ou internet.

Por isso, reforçamos a necessidade de buscar a ajuda de profissionais qualificados na hora de optar pelas Commodities. Aqui na Eu Quero Investir, nossos agentes autônomos, ou assessores de investimentos, estão sempre em busca de atualizações quando o assunto é o seu dinheiro.

Se quiser conversar com um deles, basta preencher o formulário abaixo. Toda a nossa assessoria Eu Quero Investir é sem custo algum!