Cobre opera em alta e atinge máximas em 4 anos e meio em Londres

O cobre opera com ganhos na manhã desta quinta-feira, tendo atingido o patamar mais alto em quatro anos e meio em Londres. Riscos à oferta levaram o metal usado na indústria a subir para além de importantes barreiras técnicas, contribuindo para seu impulso de alta. Nesta manhã, o dólar mais fraco colabora para o movimento.

 Às 7h40 (de Brasília), o cobre para três meses subia 0,86%, a US$ 7.298 a tonelada, na London Metal Exchange (LME). O metal já subiu 5,7% na LME nesta semana e caminha para seu fechamento mais alto desde janeiro de 2014. Às 8h04, o cobre para julho avançava 0,41%, a US$ 3,2755 a libra-peso, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

 O dólar se enfraquecia ante outras moedas fortes, nesta manhã. O movimento no câmbio torna o metal mais barato para os detentores de outras divisas, o que favorece o apetite dos investidores.

Fonte: IstoÉ