VALE: Mineradora fecha na Máxima Histórica. Alta de 103% em 12 meses

Nas vésperas de completar um ano na Presidência da Companhia, o engenheiro de produção Fabio Schvartsman já tem muitos motivos para comemorar, assim como todos os acionistas da empresa. Alguns fatores políticos e econômicos (domésticos e internacionais) foram decisivos para essa forte valorização, a contar a substituição no Planalto, a retomada de preços do minério de ferro e o contínuo (e até questionável por muitos) crescimento Chinês.

A valorização das ações da Mineradora superaram a retomada de preços do minério e a forte valorização do dólar. A relevante melhora na sua política interna, tanto na gestão de pessoal quanto operacional, foram fatores que atrairam mais investidores, sejam pessoas físicas como grandes fundos de investimento, pressionando as compras de ações.

Nesse ponto é importante ressaltar que quem compra ações passa a ser SÓCIO da empresa (literalmente e sem metáforas. Veja o vídeo: https://massanews.com/noticias/economia/mercado-de-acoes-o-que-e-5Mn7E.html) e quão maior é o sentimento de melhora na empresa e no seu nicho de atuação, maior é a vontade dos investidores de tornarem-se sócios dessa empresa, desse negócio.

E foi basicamente o que vem acontecendo com a VALE. Superando as valorizações do minério e do dólar, a vontade de investidores tornarem-se sócios ou de aumentarem suas posições acionárias (societárias) forçou e vem forçando as cotações para as máximas históricas. Resta saber até onde vai esse movimento incrível de valorização. É pertinente ressaltar que as ações da VALE na Bolsa de Nova Iorque ainda precisam subir 9,4% para bater a máxima histórica em dólar.

Minha recomendação é de cautela para quem está de fora. Compras de curto prazo devem ser acompanhadas de perto. Teremos um ano de eleições federais. Instabilidade e imprevisibilidade são comuns, o que acaba trazendo volatilidade (movimentos vigorosos de alta e/ou de baixa em curtos espaços de tempo).

Vamos acompanhar nos próximos dias a Novela Trump vs China, pois promete ser mais emocionante que as da TV. Ela pode trazer um cenário ainda melhor e previsível para o Minério e dar mais um impulso nas ações da VALE. Hoje no tweeter o Presidente Trump sinalizou um potencial acordo de cavalheiros com a China, maaas… Volatilidade, a gente vê pela Casa Branca.

Fonte: Massa News