Ouro sobe ao maior nível em mais de duas semanas

Os contratos futuros de ouro fecharam nesta terça-feira, 6, na cotação mais alta desde 16 de fevereiro, ajudados pela tendência de queda do dólar e pela tensão em torno do impasse sobre a tarifação das importações de aço e alumínio pelos Estados Unidos.

As incertezas em torno da medida protecionista sobre o setor siderúrgico, anunciada na quinta-feira pelo presidente americano, Donald Trump, direcionaram o mercado de ouro nesta sessão. Os detalhes da medida devem ser esclarecidos ainda esta semana pelo governo. Há o temor de que a tarifação desencadeie uma guerra comercial com as principais economias do planeta.

Além disso, o ouro encontrou suporte também na desvalorização do dólar. Commodities cotadas na moeda americana, como é o caso do metal amarelo, se tornam mais acessíveis para detentores de outras divisas. No final da tarde em Nova York, o índice DXY, uma medida do dólar contra outras seis divisas, caía para 89,62 pontos.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para abril teve alta de US$ 15,30 (+1,16%), a US$ 1.335,20 a onça-troy.(Com informações da Dow Jones Newswires)

Fonte: Isto É Dinheiro