MPF de Mato Grosso apura prática de improbidade administrativa no DNPM

INVESTIGAÇÕES - O Ministério Público Federal em Mato Grosso (MPF), por meio da sua unidade em Rondonópolis (Sul, a 220 quilômetros de Cuiabá) instaurou inquérito civil público com o objetivo de apurar eventuais práticas de improbidade administrativa por servidores do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

O inquérito civil é resultado do procedimento preparatório 1.20.005.000087/2017-83 instaurado para apurar a extração de recursos minerais sem a devida autorização, permissão, concessão ou licença, no rio Vermelho, em Rondonópolis.

Fonte: 24 hORAS