Setor de Mineração Tem um Dia Pesado após Dados Decepcionantes da China

Com os mercados do Japão, Coréia do Sul e Taiwan fechados para feriados públicos, os investidores voltaram suas atenções para a China, que retomaram as negociações após o feriado de “Golden week” de uma semana e digeriam novos dados da China e o aumento das tensões geopolíticas na península coreana.

O índice PMI de serviços da Caixin mostrou que a atividade não industrial na China expandiu em seus níveis mais lentos em quase dois anos no mês de setembro. O PMI Caixin/Markit ficou em 50,6 no mês passado, em comparação com de 52,7 observado em agosto. Enquanto isso, o PMI composto da Caixin ficou em 51,4 em setembro, abaixo dos 52,4 em agosto, ainda assim, os índices permaneceram acima da marca de 50, indicando expansão. Segundo analistas, o crescimento econômico chinês pode desacelerar no terceiro trimestre, mas permanece “no caminho certo” para atingir o objetivo do governo no ano de 2017.

dólar australiano, muitas vezes sensível aos dados econômicos chineses, mergulhou para US$ 0,7763 após o lançamento depois de negociar a US$ 0,7782 anteriormente. A moeda foi negociada pela última vez em US$ 0,7756. O S&P/ASX 200 subiu 0,5%, para fechar em 5.739,3 pontos, com um forte desempenho do setor bancário. As principais mineradoras australianas desistiram de ganhos iniciais para fechar em baixa. South32 diminuiu 1,8%, Fortescue Metals perdeu 2,9%, BHP caiu 0,2% e Iluka Resources perdeu 1,2%.

Enquanto isso, ações de ouro alcançaram ganhos significativos após relatórios na mídia estatal norte coreana de que o líder Kim Jong Un havia defendido seu programa de armas nucleares em um discurso de fim de semana. O presidente Donald Trump também tweetou no sábado que “apenas uma coisa funcionará” para controlar as ambições nucleares de Pyongyang, sem especificar qual seria essa medida. Alacer Gold fechou em alta de 3,14% e Kingsgate avançou 3,7%. O subíndice de energia apresentou desempenho inferior ao do mercado, fechando 0,2% abaixo da linha plana depois que o petróleo caiu em Nova York na sexta-feira. As ações da Woodside Petroleum caíram 0,6% e o Santos caiu 1%.

Os mercados da China fecharam em alta, após feriado de uma semana. O Shanghai Composite subiu 0,77% e o Shenzhen Composite subiu 1,30% depois que o People’s Bank of China disse que iria aliviar alguns requisitos de depósito se os objetivos de empréstimos para financiamento para pequenas empresas fossem atendidos. O CSI 300 de blue chip alcançou 1,19% de alta e tocou em seus níveis mais altos desde 2015. O índice Hang Seng de Hong Kong caiu 0,46% depois de atingir a máxima de 10 anos na sexta-feira, pesada por alguns empreendedores imobiliários chineses.

EUROPA: Os mercados europeus ganham terreno nesta segunda-feira, apoiado no avanço das ações espanholas e na força dos dados econômicos alemães. O índice Stoxx Europe 600 sobe 0,3% para 390,71, com apenas o setor de materiais básicos recuando. O índice caiu 0,4% na sexta-feira, mas registrou um ganho semanal de 0,3%.

IBEX 35 da Espanha lidera os ganhos regionais, atingindo a marca dos 10.306,80 pontos, seu maior nível intraday desde o 2 de outubro, depois que centenas de milhares de pessoas se reuniram no domingo para protestar contra o movimento separatista da Catalunha. A manifestação foi organizada pela Sociedade Civil Catalã, um grupo anti-separatista.

Entre as altas do índice, as ações do Banco de Sabadell sobe 1,93% e CaixaBank avança 1,79%. Os bancos na semana passada disseram que iria mudar a sede da região da Catalunha. O referendo de independência da Catalunha em 1 de outubro foi declarado ilegal pelo primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy.

A segunda-feira começa com números mostrando que o produção industrial alemão cresceu 2,6% em agosto, superando as expectativas de um aumento de 0,9% de economistas. O índice DAX da Alemanha atinge um novo recorde histórico após dados positivos da maior economia da zona do euro. O Deutsche Bank registra uma queda de 1,03% após um relatório do Wall Street Journal dizendo que há uma divergência entre o banco alemão e seu maior acionista, o HNA Group, um conglomerado chinês com participação de quase 10% no banco.

FTSE 100 do Reino Unido opera em baixa após fechar no nível mais alto desde 8 de agosto na sexta-feira. O índice de referência de Londres ainda terminou na semana passada com um ganho de 2%, o maior desde dezembro do ano passado, mesmo depois de uma nova turbulência no Partido conservador do governo, o que derrubou a libra, mas nesta segunda-feira a libra esterlina recupera parte de seu brilho, negociando em US$ 1,3115, em comparação com US$ 1,3069 no final da sexta-feira em Nova York. O ganho ocorre depois de relatórios que a primeira-ministra Theresa May poderia reorganizar seu gabinete e deixar de fora o secretário de Relações Exteriores, Boris Johnson, que criticou os planos do Brexit de May.

A quinta rodada de negociações do Brexit entre o Reino Unido e a UE deve começar em Bruxelas nesta semana. A primeira-ministra do Reino Unido deverá confirmar sua liderança em um discurso no parlamento da Grã-Bretanha na segunda-feira, no qual ela irá dizer que a “bola está com o tribunal da UE”.

Os preços do ouro avançam nesta segunda-feira em Londres, depois que o presidente Donald Trump, em uma série de tweets no fim de semana trouxe os medos de uma disputa nuclear entre a Coreia do Norte e os EUA de volta. Isso impulsionou as produtoras de ouro listados no Reino Unido. Fresnillo (LON:FRES) sobe 0,77% e Randgold Resources (LON:RRS) avança 1,01%. Fora do índice principal, Hochschild Mining dispara 4,69% e Acacia Mining sobe 3,80%. Entretanto outras mineradoras são negociados em queda, após dados de atividades do setor de serviços decepcionantes da China. O país é um dos principais usuários de recursos naturais, então qualquer indicação de que o crescimento está abrandando tende a atingir o setor de mineração. Anglo American (LON:AAL) cai 1,1%, BHP Biliton recua 0,1% e Rio Tinto (LON:RIO) opera em baixa de 0,9%.

O Banco Central Europeu (BCE) divulgou os resultados dos testes de estresse sobre o potencial impacto das mudanças nas taxas de juros no sistema bancário da área. O BCE disse que o risco da taxa de juros é bem gerenciado na maioria dos bancos europeus.

Ainda entre as notícias na Europa, os ministros das finanças das nações da zona do euro estão convocando uma reunião em Luxemburgo. Será o último do ministro alemão Wolfgang Schaeuble.

EUA: Os futuros do índice de ações dos EUA apontam para uma abertura um pouco maior nesta segunda-feira, com investidores voltando suas atenções para os desenvolvimentos políticos internos bem como no exterior. Os bancos americanos estarão fechados para o feriado de Columbus Day, assim como o mercado de títulos embora os mercados de ações permaneçam abertos.

Durante o fim de semana, o presidente dos EUA, Donald Trump, pediu mais dinheiro para financiar o muro na fronteira com o México, enquanto os Democratas do Congresso rejeitaram essa chamada.

Enquanto isso, as tensões entre os EUA e a Turquia serão observadas de perto, depois que surgiu notícias que a embaixada dos EUA em Ancara anunciou a suspensão dos serviços de vistos por razões de segurança.

Por outro lado, é provável que os mercados continuem a analisar o número de empregos da sexta-feira, uma vez que o Bureau of Labor Statistics revelou que a folha de pagamento não agrícolas dos EUA diminuíram 33 mil no mês anterior, devido os recentes estragos dos furacões na região. Os economistas esperavam uma adição de 90 mil empregos em setembro e não uma perda.

Na sexta-feira, o Dow e o S & P 500 recuaram após o relatório mensal de empregos distorcido pelos furacões Irma e Harvey, mas cada índice ainda ganhou mais de 1% durante a semana. O Nasdaq Composite Index subiu na sexta-feira e alcançou outra máxima de fechamento absoluto.

O Dow ganhou 15% no ano, enquanto o S & P cresceu 14% e o Nasdaq Composite aumentou 22%.

Não há discursos do Federal Reserve e nenhum relatório econômico importante dos EUA na agenda desta segunda-feira.

Na Europa, a quinta rodada de negociações da Brexit entre o Reino Unido e a União Europeia deverá começar em Bruxelas na segunda-feira. Enquanto isso, os investidores também estarão atentos à Espanha e à instabilidade política em torno da Catalunha.

O furacão Nate atingiu a terra no Mississippi e desde então foi rebaixado para uma tempestade tropical. Isso causou inundações, mas nenhum dano importante nos EUA.
ÍNDICES FUTUROS – 7h10:
Dow: +0,14%
SP500: +0,14%
NASDAQ: +0,18%
OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado e a europeia no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados.

Fonte: BR Investing