Projeto da Votorantim parado na Fepam

As licenças prévia, de instalação e de operação do projeto de mineração de chumbo, zinco e cobre – de parceria da Votorantim Metais Holding (VMH) e da canadense Iamgold Brasil – no distrito de Minas do Camaquã, em Caçapava do Sul (RS), estão paradas na Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (Fepam).  

Em janeiro foi realizada reunião técnica com a empresa, onde foram apresentadas as demandas da Fepam. A VMH solicitou 60 dias para preparar cronograma para atendimento. A Votorantim tem até 23 de fevereiro de 2018 para entregar as últimas informações. Neste ano e início de 2018, a Fepam irá avaliar as demandas solicitadas à empresa. No decorrer de 2017 serão realizadas novas reuniões técnicas para definir e aprovar como os estudos e projetos deverão ser apresentados. Enquanto a Fepam aguarda o protocolo das informações, o processo ficará paralisado no órgão ambiental.
Fonte: Brasil Mineral