Empresa indiana quer retomar extração de ferro no norte de Moçambique

De acordo com o diretor provincial de Recursos Minerais e Energia de Nampula, Olavo Deniasse, citado hoje pelo jornal Noticias, a empresa indiana vai negociar com os gestores do sistema ferroviário entre Moatize, na província de Tete, centro de Moçambique, e Nacala, em Nampula, para o transporte do ferro.

“Será extraordinário o alcance de consensos entre a Corredor Logístico de Norte [que está a gerir o sistema ferroviário na região] e a Damodar Ferro para a segurar o escoamento do minério”, afirmou o diretor, lembrando que a iniciativa vai garantir o surgimento de mais postos de trabalho. A mineração em Lalaua foi suspensa há um ano, na sequência da queda nos preços do minério no mercado internacional. A mina de Damodar Ferro tem capacidade para extrair 75 toneladas por hora. Desde o início das suas atividades em 2009 até a interrupção da produção em 2015, a empresa exportou cerca de 23.000 toneladas e a China foi o seu principal mercado.

Fonte: Lusa