Turcos vão procurar zinco e cobre no Alentejo

O grupo turco ESAN vai explorar zinco e cobre no Alentejo. O interesse foi hoje oficializado com a assinatura de dois contratos de prospeção e pesquisa mineira com o Governo português, que vão abranger vários concelhos da região. Em termos de investimento, estamos a falar de uma aposta de 7,6 milhões de euros ao longo dos próximos cinco anos.

O secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, assinou hoje dois contratos com o conglomerado turco ESAN, autorizando a prospeção e pesquisa de zinco e cobre na região do Alentejo. As áreas abrangidas situam-se nos “concelhos de Alcácer do Sal, Aljustrel, Castro Verde, Grândola e Ourique e são reflexo do consórcio criado com a EDM, em fevereiro passado, para a faixa piritosa ibérica”, que é a zona com maior potencial mineiro nacional, explica o Governo português. Este consórcio é controlado em 85% pela ESAN e em 15% pela EDM.

“O plano de trabalhos e investimentos associados a estes projetos está orçado, nos próximos cinco anos, em 7,6 milhões de euros“, diz o secretário de Estado, aos quais juntam-se mais meio milhão de euros com um outro contrato assinado entre o Governo e a EDM – Empresa de Desenvolvimento Mineiro. Com a EDM, o Governo assinou um contrato de prospeção e pesquisa para a área de denominada por “Rosário”. Esta área inclui os concelhos de Aljustrel, Almodôvar, Castro Verde e Ourique.

Fonte: ECO