Contratos para nova mina de urânio

As Indústrias Nucleares de Brasil (INB) assinou dois contratos para serviços de infraestrutura necessários para a abertura da nova mina do Engenho, em Caetité(BA). Esta nova mina tem capacidade para produzir 3.500 toneladas de concentrado de urânio por 14 anos.

Os serviços necessários incluem a supressão da vegetação, a construção do sistema de drenagem de águas pluviais, das estradas de acesso à mina, do canteiro de obras, do ponto de controle de acesso para as áreas controladas, da distribuição de energia e o decapeamento da área da mina. Os trabalhos terão duração de um ano em mais uma etapa para a implantação da mina do Engenho e a consequente retomada da mineração e produção do concentrado de urânio na unidade da INB em Caetité. Desde 2000 a INB explorava a mina de Cachoeira, que teve sua capacidade de extração a céu aberto exaurida.

Além dos trabalhos na mina do Engenho, a INB atua no processo de licenciamento da lavra subterrânea da mina Cachoeira e na ampliação da capacidade de produção da planta industrial de 400 para 800 t/ano de concentrado de urânio. “A retomada da produção de urânio em Caetité é nossa prioridade e por isso estamos tomando uma série de providências para que sejam reiniciadas as atividades de mineração e beneficiamento do urânio, do qual tanto precisamos para cumprir nossa missão de garantir o fornecimento do combustível nuclear para a geração de energia elétrica nas usinas nucleares”, afirmou João Carlos Tupinambá, Presidente da INB.

Fonte: Brasil Mineral