Projeto Potássio do Amazonas é destaque em conferência no Panamá

O projeto Potássio do Amazonas foi um dos casos de sucesso apresentados durante a Exposição de Conferência Internacional sobre projetos econômicos, ambientais e sociais de mineração no bioma Amazônia, realizada na Cidade do Panamá, no período de 19 a 21 de novembro, pelo secretario estadual de Mineração, Geodiversidade e Recursos Hídricos (Semgrh), Daniel Nava, um dos conferencistas do evento.

O titular da Semgrh informou que, atualmente, o projeto, que se instalou no município de Autazes (a 108 quilômetros de Manaus), realiza pesquisas de prospecção também em Itacoatiara, Itapiranga e Nova Olinda. Em Autazes, a empresa Potássio Brasil, que detém o direito de pesquisa e exploração do minério nesta área, investiu, nos últimos cinco anos, mais de R$ 180 milhões.

De acordo com Daniel Nava, desde inicio das atividades da empresa no município de Autazes, houve mudanças consideráveis no setor econômico e melhorias da qualidade de vida da população e também do poder publico que passou a arrecadar mais com os impostos. “Observamos crescimento econômico, diversificação dos serviços ofertados, a instalação de agências bancárias, triplicou a oferta na rede hoteleira e o setor de transportes ganhou novas embarcações e veículos”, exemplificou o secretario, que revelou, ainda, a instalação no Amazonas de uma nova empresa de projetos de sondagem para mineração e petróleo, em dezembro deste ano.

Ainda durante a conferência, o secretário Daniel Nava apresentou detalhes da política do Governo do Amazonas para o setor mineral, destacando a indústria petrolífera de Urucu, o projeto de Mineração do Pitinga e a relação da atividade com os indígenas e a reserva biológica, e a política estadual de formalização da atividade garimpeira. Exposibram Amazônia 2014 – O projeto Potássio do Amazonas também foi discutido pelo Governo do Amazonas na Exposição Internacional de Mineração da Amazônia realizada durante o 4º Congresso Brasileiro de Mineração na Amazônia, no período de 17 a 20 de novembro, em Belém, no Pará. Durante a realização do evento, o secretário de Mineração, Daniel Nava, se reuniu com representantes de empresas de mineração interessadas em prospectar investimentos no Amazonas.

Fonte: Assessoria