Votorantim Metais é premiada como referência em Gestão Ambiental

Empresa conquista Prêmio Mineiro de Gestão Ambiental, chancelado pela União Brasileira para a Qualidade em parceria com o governo de Minas Gerais
 
Nesta terça-feira, 15/5, a Votorantim Metais Zinco será agraciada com o Prêmio Mineiro de Gestão Ambiental (PMGA), chancelado pela União Brasileira para a Qualidade (UBQ) com o apoio do governo de Minas Gerais. O prêmio foi criado para incentivar as organizações mineiras a buscarem a excelência na gestão ambiental de seus negócios.  A conquista da VM se deve às boas práticas de gestão com foco em sustentabilidade desenvolvidas pela Unidade Morro Agudo, localizada em Paracatu, região noroeste de Minas Gerais.
“Ter participado do processo do Prêmio Mineiro de Gestão Ambiental (PMGA) Ciclo 2011 proporcionou para todos nós um importante aprendizado. Promoveu a difusão das diretrizes e práticas de sustentabilidade adotadas pela empresa e a consciência de que as atividades cotidianas de cada um de nós têm estreita relação com os resultados ambientais”, ressalta Valdecir Botassini, diretor do negócio Zinco da Votorantim Metais. Com a definição da  estratégia de sustentabilidade de longo prazo, ele destaca que o meio ambiente é uma área que vem se consolidando de forma consistente na Votorantim Metais. “Temos metas ambientais  ousadas a serem atingidas até 2020, dentre elas está alcançar resíduo zero em todas as nossas operações industriais”, exemplifica ele. “A conquista do troféu PMGA reforça o engajamento e representa um  fator motivador para a evolução da gestão ambiental na Votorantim Metais”, observa o diretor.
Resíduo Zero: benefícios ambientais, econômicos e sociais
Criado com a proposta de reduzir a geração de resíduos provenientes de suas atividades a Unidade Morro Agudo, o Projeto Resíduo Zero se fortaleceu em 2011 e foi um dos impulsionadores para a conquista do PMGA. Através de mudanças no processo a empresa conseguiu transformar o que antes era resíduo em produto e fonte de renda. O rejeito de suas operações – antes dividido em PCI (pó calcário industrial e resíduo perigoso) e PCA (pó calcário agrícola) – passou a ser 100% PCA.
Conforme explica Fernando Rezende, gerente geral do Sistema Três Marias que engloba a Unidade Morro Agudo, a evolução do projeto Resíduo Zero veio com o a iniciativa de utilizar o PCI como insumo de produção. Ao reaproveitar este material consegue-se extrair o minério contido no mesmo e ainda reduzir a geração de resíduos, pois, após passar novamente no processo produtivo o mesmo é transformado em PCA.
O Projeto é um exemplo prático de um projeto em sustentabilidade bem sucedido. “Em nossos processos, buscamos sempre conciliar a rentabilidade produtiva com a preservação ambiental. Desde 2010, a unidade de Morro Agudo não gera resíduo decorrente do processo de beneficiamento. À medida que mitigamos os impactos ambientais do processo industrial, geramos benefícios para a comunidade onde estamos inseridos”, ressalta Rezende. Uma das principais utilizações do pó calcário agrícola é como corretor da acidez do solo devido ao seu alto potencial nutritivo ocasionado pela presença do zinco em sua composição. 
Fernando Rezende destaca, ainda, a importância do envolvimento dos colaboradores para os resultados efetivos do Resíduo Zero: “a construção da gestão ambiental da empresa é participativa e o sucesso do seu resultado vem a partir da conscientização de cada um do seu papel de co-responsabilidade com a preservação do Meio Ambiente”.
Prêmio Mineiro de Gestão Ambiental
Idealizado em 2003 e oficializado em 2005, o PMGA conta com o apoio das Secretarias de Estado do Meio Ambiente e de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, além da aprovação do Ministério do Meio Ambiente. O PMGA utiliza uma metodologia inovadora e diferenciada que procura introduzir nas organizações mineiras um modelo de gestão ambiental sistêmico com foco na sustentabilidade. Chancelado pela União Brasileira para a Qualidade (UBQ), o PMGA vem sendo realizado em ciclos anuais de premiação e visa fomentar nas empresas, a implementação de um processo estruturado de busca da melhoria contínua de sua gestão ambiental, de maneira a maximizar os resultados positivos de suas ações voltadas para a utilização racional dos recursos naturais e do meio ambiente como um todo. Desta forma, o Prêmio promove a disseminação de ações voltadas para a sustentabilidade ambiental e os seus reflexos na qualidade de vida das comunidades.
Sobre a Votorantim Metais
A Votorantim Metais é uma Empresa do Grupo Votorantim, um dos maiores conglomerados empresarias da América Latina. A Companhia possui dezessete (17) unidades: onze (11) no Brasil, quatro (4) nos Estados Unidos, uma (1) na China e uma (1) no Peru. A Empresa é a maior fabricante de níquel eletrolítico da América Latina,  líder no mercado brasileiro de alumínio e uma das cinco maiores produtoras de zinco do mundo. Esta sinergia reforça a posição da Companhia como segunda maior empresa brasileira de metais básicos, com faturamento de R$ 8,9 bilhões em 2011 e aproximadamente 10 mil funcionários.

 

Ideia Comunicação Empresarial
Fernanda Bolzan