Irã tenta obter urânio na América Latina, revela WikiLeaks

que começam em 2004, de um total de 57 técnicos iranianos que trabalharam em organismos relacionados com a mineração e geologia. Os telegramas que vazaram mostram que as embaixadas americanas vigiam de perto a presença de urânio em qualquer país