Pré-mercado: Alcoa sobe 8% em reação a anúncio de lucro no 3º tri

alcoa

As ações da gigante de alumínio norte-americana Alcoa subiram 8% esta manhã em Frankfurt, em reação ao anúncio ontem pela empresa de lucro no terceiro trimestre e não prejuízo, como esperavam os analistas. A companhia disse que terminou o trimestre com ganho de US$ 77 milhões (US$ 0,08 por ação), inferior aos US$ 268 milhões (US$ 0,33 por ação) no mesmo período
do ano passado.

Na mesma base de comparação, a receita da Alcoa recuou para US$ 4,6 bilhões, de US$ 7 bilhões. O resultado veio melhor do que o esperado pelos analistas, que previam que a companhia teria seu quarto prejuízo trimestral consecutivo. De acordo com uma pesquisa da Thomson Reuters, os analistas projetavam prejuízo de US$ 0,09 por ação e receita de US$ 4,55 bilhões.

As ações da companhia fecharam em alta de 2,23%, a US$ 14,20, na Bolsa de Nova York. “As medidas financeiras e operacionais que tomamos no primeiro semestre deste ano estão tendo um impacto positivo forte sobre nossa posição de caixa e lucratividade”, afirmou Klaus Kleinfeld, presidente e executivo-chefe da Alcoa, em comunicado.

O preço médio do alumínio no terceiro trimestre ficou em US$ 1.972 por tonelada, uma alta de 18% em relação ao preço médio do trimestre imediatamente anterior. Kleinfeld disse que existem sinais de que a demanda pelo alumínio ficará mais forte na China, especialmente na indústria automotiva. Mas ele alertou que a demanda pelo alumínio no resto do mundo tende a ser fraca por causa dos mercados em dificuldades, principalmente na indústria aeroespacial.