Chinalco registra-se para emissão da Rio Tinto, diz Xinhua

A companhia chinesa Aluminum Corp. of China (Chinalco) concluiu o processo de registro para a emissão de ações com direito preferencial de subscrição pela mineradora australiana Rio Tinto, segundo a agência de notícias Xinhua.

“A conclusão do registro significa que nossa companhia tem o direito de comprar as ações a qualquer momento, mas não decidimos se iremos comprá-las ou não”, disse uma fonte da Chinalco à agência. No último dia 5, a Rio Tinto desistiu de um acordo que vinha sendo negociado com a Chinalco. O acordo previa que a Chinalco pagaria US$ 12,3 bilhões por participações minoritárias num pacote de ativos de minério de ferro, cobre e alumínio.

Os chineses também comprariam US$ 7,2 bilhões em bônus conversíveis, que aumentariam sua participação na mineradora dos atuais 9% para 18%. Em vez do acordo com a chinesa, a Rio Tinto optou pela emissão de US$ 15,2 bilhões em ações e a criação de uma joint venture com a BHP Billiton que reunirá as operações de ambas na região de Pilbara, na Austrália.