Campos de Cangoá e Camapurim passam a produzir

Em 10 de junho, a Petrobras iniciou produção dos campos de gás de Cangoá e Camarupim, no litoral norte do Estado do Espírito Santo. Os projetos integram o Plano de Antecipação da Produção de Gás (Plangás) lançado em 2006 com o objetivo de alavancar a produção doméstica de gás natural no Brasil.

A produção dos dois novos campos será escoada para a Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas (UTGC), em Linhares (ES). O Campo de Cangoá produzirá diretamente para o gasoduto que escoa o gás de Peroá para a Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas.

O campo tem capacidade de produção de cerca de 400 mil m³/dia de gás natural. Já o Campo de Camarupim, uma parceria entre a Petrobras (75%) e a empresa americana El Paso (25%), tem potencial de produção de 6 milhões m³/dia de gás natural e 8 mil barris de condensado.