No Canadá, ameaça de greve

Funcionários sindicalizados da operação de níquel da Vale em Sudbury, no Canadá, votaram a favor de uma paralisação caso as negociações trabalhistas com a companhia fracassem, disse ontem um porta-voz do sindicato.

“Houve uma votação, e 90% se manifestaram a favor de autorizar uma greve”, disse Bob Gallagher, porta-voz do sindicato United Steelworkers. A situação de negociação dos operários não é muito favorável. A Vale já anunciou que vai paralisar as operações no local durante oito semanas em junho e julho, devido à fraca demanda.