Metais básicos sobem em mercado otimista; estanho lidera alta

Os metais básicos negociados na London Metal Exchange (LME) registravam alta nesta quinta-feira recebendo suporte do otimismo nos mercados, com o estanho liderando os ganhos. Segundo traders, os metais podem subir mais impulsionados por fortes compras físicas.

A demanda por metais na China e no Oriente Médio está ativa agora, e a “euforia geral do mercado” está atraindo novos investimentos nos metais, segundo a Ambrian Commodities. “Podemos esperar mais ganhos. E a onda de otimismo está sustentando os preços no momento”, disse o analista Will Adams, do site Base Metals. Às 6h12 (de Brasília), o cobre para três meses era negociado a US$ 4.822,00 por tonelada na LME, alta de US$ 77,00 ante o fechamento de ontem.

O alumínio avançava US$ 24,00, a US$ 1.594,00 por tonelada, e zinco ganhava US$ 27,00, a US$ 1.626,00 por tonelada. O níquel tinha valorização de US$ 665,00, a US$ 13.365,00 por tonelada, e o estanho subia US$ 795,00, a US$ 14.200,00 por tonelada. O chumbo ganhava US$ 45,00 por tonelada, a US$ 1.495,00 por tonelada. Na Comex eletrônica (divisão de metais da Nymex – New York Mercantile Exchange), às 7h50 (de Brasília), o contrato do cobre para julho avançava 1,05%, para US$ 2,2100 por libra-peso. Os estoques de cobre na LME caíram 8.250 toneladas, enquanto os de zinco aumentaram 1.100 toneladas e os de alumínio cresceram 5.000 toneladas.