Britânica Xstrata adia início de operação de níquel na Austrália

A mineradora britânica Xstrata PLC informou hoje que vai adiar o início das operações subterrâneas de sua mina de níquel Sinclair, na Austrália. O local será colocado sob manutenção a partir de agosto devido às más condições do mercado. A exploração externa de Sinclair foi iniciada em outubro passado e os trabalhos subterrâneos deveriam começar em agosto.

A mina tem capacidade para extração de 5.500 a 6.000 toneladas de níquel concentrado por ano. O local foi adquirido pela Xstrata em fevereiro do ano passado. Há cerca de 150 trabalhadores na mina; parte será dispensada. A Xstrata já suspendeu a produção de 40,2 mil toneladas de níquel por ano após os preços do metal terem caído 80%. Analistas estimam que 20% da produção mundial de níquel foi suspensa por conta da queda de preços e da demanda, principalmente da indústria de aço.